sexta-feira, 5 de julho de 2013

As lojas e as pessoas indecisas...

Todos os que me conhecem, conhecem igualmente a minha capacidade de me desiludir com roupas, perfumes, sapatos no percurso entre a loja e a minha casa. Por isso, dou sempre preferência  a lojas com a possibilidade de levar, experimentar e devolver sem ter de trazer um requerimento do Papa. Abençoada Zara.
Na semana passada, depois das férias marcadas e de ter crescido uns bons 4 cm na cintura, rabo e coxas, cheguei à conclusão que não ia mais ter ataques de nervos todas as manhãs, despachei a rapariga que corria atrás de todas as promoções que tinha baixado em mim nos últimos tempos, e fui atacar o Shopping e comprar o que gostasse, dentro dos limites claro, mas sem olhar demasiado ao preço. Problema n.º 1, não sei o que se passa com as lojas, ou se fizeram uns S e M muito mirradinhos, ou o pessoal deste país anda a afogar as lágrimas em comida. Nunca vi saldos com tanta falta de L e excesso de S. Quando eu vestia S (há uns longínquos meses) via-me desgraçada para encontrar as coisas que gostava em saldo, agora que as coxas e o rabo  já não cabem nesses números ora que aparecem eles todos sorridentes. Adiante, a saga das lojas terminou comigo com os nervos em franja e a entrar numa loja (Tezenis) que nunca me dá vontade de entrar, porque tem sempre a musica super alta, porque mais parece um discoteca em inicio/fim de noite, mas passei lá e tinham umas coisinhas de praia com um ar fofo e para mal dos meus pecados entrei. Como já não tinha capacidade nem física nem mental para experimentar mais nada,  trouxe as coisas para casa. Asneira N.º1. Sim, porque na Tezenis não podemos devolver, temos de trocar por 1000 pares de cuecas e soutiens que podemos até nem precisar mas pronto, política da loja. Ontem lá fui eu trocar as coisas que tinha comprado (ficavam mal como 90% das coisas que vesti) e a moça da loja, naquele tom de empregada de balcão de loja deste tipo, lá começou a fazer a troca, nisto diz-me que ainda tenho que pagar x e, eu para quem a matemática básica nunca foi assim grande problema, disse à menina que esta se tinha enganado, a menina com uma arrogância começa a falar alto, possivelmente a tentar passar-me um atestado de burrice,  a explicar-me que havia um botaozinho onde carregava e que fazia as promoções e blá blá blá, resumindo eu estava errada. Com uma fila de 10 pessoas atrás de mim não me quis estar a chatear mais, estou grávida, eram quase 21h00 e as pernas já pesavam, vai daí, paguei e a moça imprimiu os recibos. Nisto, fica com ar de "parvinha" a olhar para os papeis"e solta um "ahhhh". E eu, e as 15 pessoas que entretanto estavam na fila, começaram todas a abanar a cabeça e todas a comentar a atitude parva da moça. Conclusão, a menina esperta tinha-se enganado, ligou para a chefe, a desculpar-se durante 15 min., a culpar o mundo, as colegas que tinham estado a trabalhar até às 19h00, os clientes que faziam fila, a colega do lado que esteve o tempo todo a falar ao telefone e que a distraiu, enfim.. uma anedota. A moça teve de pagar do bolso dela. Se tivesse sido humilde o suficiente para aceitar que estava errada, eu ao perceber que ela ia ter que repor o dinheiro nem tinha aceite os 9,95 euros que ela teve de repor mas, a burrice e a arrogância de pessoas que só porque trabalham atrás de um balcão se acham mais que os outros tira-me do sério.  Fez figura de parva, foi mal educada e ficou a perder. 
Resumindo, odeio lojas e que não é possível devolver coisas e dificilmente comprarei no futuro nesta loja. 
Adoro lojas como a perfumes e companhia onde troquei de perfume 2 vezes no mesmo dia e as moças foram uma simpatia não levantaram o mínimo problema. Claro está, a politica da loja é outra desde o recrutamento até ao atendimento ao cliente e isso, para mim faz toda a diferença. 



1 comentário:

  1. Como eu te compreendo. Não há nada como ser atendida por pessoas educadas (já nem digo simpáticas, que isso às vezes
    e difícil). Não fiquei com pena nenhuma da menina da Tezenis. Que sirva de lição!
    E quanto a não veres nada nas lojas, é normal! Durante a gravidez o nosso corpo muda tanto que tudo parece estranho!

    ResponderEliminar

Comentar...